5 Dicas para melhorar a pele sob os olhos para pôr em prática já

Nossa pele reflete tudo: falta de sono, fadiga, uma briga com o chefe e cigarros fumados por causa dos nervos. A área ao redor dos olhos é especialmente sensível, pois é macia e perde a elasticidade facilmente. Ao mesmo tempo, é uma das mais ativas em termos de expressões faciais: piscamos os olhos e fazemos careta, movimentos que deixam traços em nosso rosto.

O dicastop.club compilou algumas regras básicas que devem ser seguidas para garantir que o cuidado da pele ao redor dos olhos dê resultados.

1. Aja “antecipadamente”

O princípio “é melhor prevenir do que remediar” continua é válido. Tenha em mente que quanto mais tarde você começar a cuidar de si mesmo, mais tempo levará para alcançar melhorias visíveis. E se começar cedo, há muitas possibilidades que pode fazer sem uma esteticista.

A idade ideal para começar o cuidado da pele ao redor dos olhos é de 20 anos. Neste momento da vida, as jovens já estão usando cosméticos ativamente, então a carga nessa área aumenta.

2. É importante cuidar da pele regularmente

Cuidados “de vez em quando” não dão resultados, e não há produtos que mostrem melhorias instantâneas, não importa o quanto sejam eficazes. Portanto, o cuidado deve ser permanente. Uma opção “mínima” é a aplicação diária de um creme na área necessária de manhã e à noite.

3. Não deposite seus cuidados num único meio

Se você está preocupada com um problema em particular, sejam olheiras ou vincos, vai comprar um produto que sozinho não vai conseguir resolver esse problema. Ele não irá fornecer cuidados e nutrição completos para a pele, da mesma forma que um hidratante simples não elimina as marcas. Portanto, se quiser cuidar da pele ao redor dos olhos corretamente, escolha os itens necessários considerando sua ação.

4. É importante escolher óculos ou lentes de contato adequados

Quando você olha para o sol ou força a visão, cria um fardo adicional na pele dessa área. Esta é uma maneira certa de acelerar o aparecimento de rugas. Portanto, não se esqueça de óculos de sol no verão e uma escolha correta de lentes de contato em caso de problemas oculares.

5. Os raios ultravioletas são prejudiciais para a pele

12 Truques simples e eficazes para o banheiro que facilitam a vida

O banheiro é um lugar que sempre deve estar limpo, mas nem sempre é fácil conseguir isso. Para tornar sua vida mais fácil, você pode usar estes pequenos truques para tornar este espaço mais convidativo e sua limpeza mais rápida. O Incrível.club pesquisou alguns truques de vida extraordinários de blogueiros para o banheiro e resolveu compartilhar essas ideias com você.

Para armazenar cosméticos e pequenas coisas, você pode usar um porta-talher

Use o papel higiênico como um difusor de aroma

Um par de gotas de qualquer óleo essencial em um rolo de papel higiênico vai refrescar o ar do banheiro melhor do que um difusor de aroma.

Para que as toalhas do banheiro não cheirem a umidade, mas sim emanem frescor, use um pulverizador com óleos essenciais

Em um pequeno frasco com pulverizador, coloque água e adicione algumas gotas do seu óleo favorito. Polvilhe essa mistura em cima de suas toalhas. Agora seu banheiro vai ter um ar de frescor. Você pode ver mais detalhes aqui.

Para que os tubos de produtos ocupem menos espaço, pendure-os

Use uma haste adicional para a cortina do chuveiro e pinças para prender os tubos.

Com três toalhas você pode fazer um tapete macio para o banheiro com boa absorção

Aqui você pode ver o passo a passo.

Se o tapete do banheiro sempre se move, use um pequeno e discreto velcro para roupas

Cole um lado do velcro no piso e o outro na parte de baixo do tapete. Agora, o deslizamento será mínimo. Clique aqui para saber mais detalhes.

Com um tubo de PVC fino e discreto, você pode fazer um porta-toalhas perfeito

Utilize os restos de sabonete com sabedoria

Com os restos de sabonete você pode fazer um novo sabonete. Basta derreter o restante em banho-maria e o despejar em moldes até esfriar. Aqueles que não quiserem guardar os resíduos de sabonete, podem colocá-los dentro de uma esponja e usá-los até uma completa dissolução.

Coloque-o dentro do chuveiro, na parte de trás da cortina ou o pendure perto dela. A prateleira no banheiro ficará imediatamente livre dos tubos e potes infinitos.

Para que o espelho no banheiro não embace, aplique um pouco de gel de barbear

Aplique o gel no espelho e o espalhe uniformemente sobre a superfície. Em seguida, limpe com um guardanapo seco. Aqui você pode ver mais sobre esta dica.

A ’esponja sabonete’ é muito prática e permitirá reduzir o consumo de sabonete. Além disso, fica muito bonita

Para isso, você precisará de um pouco de feltro de lã e de um sabonete comum. Você pode conferir a técnica aqui.

Se o sabonete derreter na saboneteira, coloque uma ’rosquinha’ para o cabelo

A rosquinha, um acessório para fazer coque no cabelo, absorve a água e o sabão ficará sempre seco. Além disso, em vez desse acessório, você pode usar uma esponja normal.

De qual truque você mais gostou? Compartilhe suas impressões conosco nos comentários.

11 Hábitos comuns que pioram sua aparência

Você já pensou em quantas coisas fazemos automaticamente durante o dia? Sabe que algumas delas podem acabar com sua beleza e saúde? À primeira vista, alguns desses hábitos não parecem ser prejudiciais, mas seu impacto negativo se acumula dia após dia. O dicastop.club decidiu verificar o que estamos fazendo de errado.

1. Tocamos no rosto e nos sentamos na frente do computador com o queixo apoiado nas mãos

Aposto que você está sentado nessa mesma posição agora mesmo, certo? Muitas vezes escolhemos essa pose durante o dia e também tocamos o rosto com as mãos com frequência. Você deve saber que, ao apoiar o queixo na mão, seu osso hióide se moverá gradualmente, obstruindo a circulação do sangue. As consequências desse fato são queixo duplo e o envelhecimento prematuro da pele.

Se você tocar o rosto com mãos sujas, pode provocar problemas em sua pele, especialmente se for propenso a ter acne e irritação. Os cravos que aparecem na testa também são resultado desse hábito e 80% dos casos de herpes são transmitidos da mesma maneira.

2. Sentamos de pernas cruzadas

Esta posição não é indicada para pessoas que sofrem ou são propensas a ter varizes. O fluxo sanguíneo é alterado e os problemas aparecem muito rapidamente.

Para outras pessoas, o fato de cruzar as pernas pode provocar dor na lombar e nos órgãos reprodutivos. O motivo é a posição incorreta que adotamos durante muito tempo, bem como a pressão sobre a parte inferior das costas.

3. Pentear o cabelo depois de tomar banho

Você não é a única a escovar o cabelo logo após lavá-lo. É algo automático e, ao mesmo tempo, muito prejudicial aos fios. O que acontece é que o cabelo úmido é muito mais vulnerável do que o cabelo seco e penteá-lo pode danificá-lo facilmente.

Para manter sua beleza, recomendamos secar o cabelo com cuidado e usar uma toalha, mas sem esfregar. Deixe secar apenas na temperatura ambiente e comece a pentear as pontas, não importa quão curto ou longo ele seja.

4. Muito tempo diante da TV

“Mais uma série e eu vou dormir, juro!” Os cientistas há muito tempo falam sobre o perigo da “luz azul” emitida por telas de televisão, computadores e dispositivos móveis. Ela penetra nas camadas profundas da pele e ativa os radicais livres. E eles, por sua vez, fazem com que as células da pele produzam enzimas, que destroem o colágeno.

As consequências são assustadoras: a pele envelhece muito mais rapidamente e a hiperpigmentação pode aparecer. Os dermatologistas não param de falar sobre a má condição da pele de “fanáticos por novelas e séries” e até mesmo recomendam o uso de cremes com filtro UV se a pessoa passar muito tempo na frente dos dispositivos. Outros afirmam que a luz azul é de outro espectro, então nenhum creme pode ajudar nesse caso.

Por enquanto, a única saída é reduzir o tempo de uso dos dispositivos eletrônicos.

5. Celular antes de dormir

A mesma luz azul interrompe a produção de melatonina. O resultado é o desequilíbrio do sono. Talvez não percebamos que não dormimos bem, mas o nosso corpo vai sentir isso, tenha certeza! Além dos problemas estéticos, isso pode levar a graves desequilíbrios nos sistemas imunológico e endócrino.

Pare de usar seu telefone celular pelo menos uma hora antes de dormir!

6. Protetor solar somente no rosto

Já não é mais um segredo que temos de proteger nossa pele do sol em qualquer lugar e situação. E é importante passar protetor não só no rosto, mas na área do decote e dos braços. Quanto mais velhos ficamos, maior a probabilidade de desenvolver manchas pigmentadas por causa da luz solar.

E, é claro, não se esqueça de cuidar do seu decote e do pescoço aplicando hidratante.

7. Depilamos as sobrancelhas e nos maquiamos em seguida

Todo movimento da pinça representa um pequeno trauma para a pele e deixa uma porta aberta para uma infecção. Lembre-se disso e não se maquie logo após arrancar as sobrancelhas. O ideal é limpar a pele com um desinfetante suave. Outra recomendação é limpar seus pincéis de maquiagem a cada duas semanas aproximadamente ou mais. O mesmo deve ser feito com a pinça, pois também pode transmitir infecções.

8. Tentamos esconder a oleosidade da pele com pó

Brilho na zona T? Vamos colocar pó! Mas não é uma boa ideia, se você não quiser sujar seus poros rapidamente e deixar seu rosto coberto de espinhas.

Primeiro, é preciso remover o excesso de óleo com lenços demaquilantes e apenas depois corrigir a pele com pó. Se não limparmos o rosto antes de começar a usar maquiagem, toda a sujeira e gordura permanecerão sob essa camada. É óbvio que isso não ajuda a nossa pele, e traz mais chances de irritação ou surgimento de espinhas.

9. Usamos esfoliantes

Os cosmetologistas não gostam muito de cremes esfoliantes. O seu uso abusivo pode causar excesso de oleosidade e pele seca ao mesmo tempo. A recomendação é que você mude os esfoliantes por cremes para peeling, com base em ácido lático ou glicólico.

10. Mastigamos chiclete

Más notícias para os fãs do chiclete. O que acontece é que o maxilar acaba adotando formatos diferentes, o que pode causar alterações na parte inferior do queixo e o surgimento de rugas nos cantos da boca, que são muito difíceis de corrigir.

Por esse motivo, o famoso dermatologista Joel Schlessinger, presidente da clínica LovelySkin.com, sugere uma alternativa para refrescar a boca. Sua recomendação é usar balas ou antisséptico bucal.

11. Tomamos banho com água quente

10 Maneiras fáceis e eficientes de ficar mais bonita

Todos queremos nos sentir seguros com a nossa imagem, mas nem sempre é tão simples e fácil ter uma aparência maravilhosa. Especialmente se você tem pouco tempo para se arrumar e ficar diante de um espelho.

Nós, do dicastop.club, sabemos que as pequenas coisas fazer uma grande diferença. Sendo assim, elaboramos uma lista com 10 conselhos rápidos que você pode usar para ter uma aparência melhor gastando apenas alguns minutinhos.

10. A água de arroz pode fechar os poros da pele

Pesquisas tem demonstrado que a água de arroz pode oferecer à sua pele uma grande número de benefícios.

Entre outros, fecha seus poros atuando como adstringente em sua pele.

O que fazer? Você pode comprar água de arroz cosmética, mas na realidade é muito fácil de fazer em casa. Pegue meia xícara de arroz e adicione duas xícaras de água, depois de 15 minutos, coe o arroz da água. Sua água de arroz está pronta para ser usada! Mergulhe um disco de algodão na água de arroz, aplique com palmadinhas leves no rosto, deixe que seque naturalmente e você vai notar que a sua pele ficará mais suave e brilhante.

9. Usa cafeína para eliminar o inchaço

Tem sido demonstrado que o chá preto e o chá verde contêm poderosos antioxidantes, que podem acrescentar efeitos antiinflamatórios em sua pele.

O que fazer? Deixe algumas bolsinhas de chá usadas esfriarem na geladeira, esprema o resto do líquido e aplique-as na área embaixo dos olhos por 5 minutos.

8. Use uma colher gelada nas marcas escuras

Duas colheres geladas podem ajudar a reduzir as olheiras debaixo dos seus olhos. Esse é um velho truque baseado na mesma técnica para reduzir o inchaço e a temperatura da pele usandocompressas geladas.

O que fazer? Para reduzir a vermelhidão e o inchaço da pele, pegue duas colheres de metal, coloque-as em uma geladeira e deixe-as esfriarem. Apoie-as sobre seus olhos durante alguns segundos e massageie suavemente com movimentos circulares até que você sinta que as colheres tenham esquentado.

7. As cascas de banana podem ser usadas para hidratar e esfoliar sua pele

As bananas e suas cascas são uma fonte de magnésio e vitamina C. Por isso, esfregar uma casca no rosto todos os dias pode te ajudar a nutrir e acalmar a pele.

O que fazer? Para conseguir um efeito esfoliante, use o interior da casca, esfregando suavemente sobre sua pele limpa até que esta fique na cor marrom. Enxague seu rosto com água morna.

6. Como curvar seus cílios e criar aquele efeito impressionate

Se você quiser parecer sempre descansada mesmo que não tenha tido um sono assim tão reparador, trate de curvar seus cílios. Isso ajudará a criar um efeito revelador em segundos.

O que fazer? Para que seus cílios fiquem o dia inteiro curvados, esquente o curvex com água morna, depois posicione-o o mais próximo das suas pálpebras e pressione durante 5 a 7 segundos.

8 Formas eficazes de acabar com varizes e veias varicosas

Muitas pessoas vêm sofrendo com veias varicosas e inchaço nas pernas em decorrência do trabalho, que geralmente exige horas e horas sentado diante do computador. Além disso, algumas peças de roupa acabam afetando a circulação sanguínea. Estatísticas apontam que as veias varicosas afetam mais de 20% dos adultos nos Estados Unidos. Quando o problema está em sua etapa inicial, existem formas de reduzir a gravidade dos sintomas e prevenir o avanço das veias varicosas. E o bom é que a maioria dessas técnicas podem ser aplicadas em casa.

Assim como qualquer outro problema de saúde, as veias varicosas devem ser tratadas da maneira correta. O Incrível.club reuniu os métodos mais seguros e eficazes para combater o aparecimento desse problema.

Mas lembre-se: diante de qualquer sinal de agravamento do problema, procure a ajuda de um especialista. A seguir, as dicas:

1. Levantar as pernas

Levantar as pernas pode aliviar consideravelmente os sintomas causados pelas veias varicosas e pelo inchaço nas pernas, desde que estejam em estágio inicial. Para que o método seja eficiente, você precisa levantar as pernas acima do nível do coração. Tente mantê-las nessa posição por 20 minutos, 3 a 4 vezes por dia. Uma boa ideia é ler um livro enquanto isso. O tempo vai passar sem que você perceba!

2. Meias de compressão

O uso de meias de compressão durante o dia pode ser mais útil que qualquer outro tratamento caseiro. Se estiver sentindo incômodo ou dor nas pernas, experimente utilizar essas meias. Elas comprimem as veias e evitam que o sangue flua para trás.

Elas apertam mais as pernas do que as meias comuns, mas ajudam as veias e os músculos das pernas para que o sangue chegue ao coração com mais facilidade. Alguns testes demonstraram que meias de compressão podem reduzir ou prevenir o inchaço que costuma aparecer no fim do dia. Pessoas que viajam muito, passam muito tempo de pé e/ou muito tempo sentado trabalhando no escritório são as que especialmente devem apostar nas meias de compressão.

3. Dieta preventiva e controle do peso

Assim como fazer exercícios físicos regularmente, ter uma boa alimentação é a solução para muitos problemas de saúde. Um corpo que está saudável por dentro parecerá saudável por fora. Inclua em sua dieta mais alimentos ricos em vitaminas C e E, já que eles são ótimas fontes de antioxidantes para seu organismo. A vitamina C é necessária para a fabricação de colágeno e elastina para manter a saúde das veias. E a vitamina E reduz o aparecimento das aranhas vasculares nas pernas.

Não esqueça dos alimentos com alto teor de fibras, pois eles ajudam a evitar a prisão de ventre e reduzem a pressão sobre as veias. Consuma mais aveia, linhaça, ervilha, feijão, maçã e alimentos integrais.

O excesso de peso não provoca veias varicosas. No entanto, elas costumam ser resultado de vários fatores que, por sua vez, estão associados ao excesso de peso. Hábitos prejudiciais, falta de exercício, dieta desequilibrada e um estilo de vida sedentário podem levar ao surgimentode veias dilatadas ou varicosas. Nossa sugestão é que você controle seu peso para evitar fazer muita pressão nas pernas.

4. Remédios fitoterápicos

Um estudo demonstrou que algumas ervas medicinais podem causar um efeito positivo perante os sintomas de insuficiência venosa, como inchaço, câimbras e aquilo que é conhecido como síndrome das pernas inquietas.

Alguns suplementos, como o extrato de semente de uva, a rutina ou rutósido e uma planta chamada gotu kola são conhecidos como bons tratamentos contra veias varicosas. Eles estão disponíveis em cápsulas, pílulas e pomadas.

Consulte seu médico antes de tomar qualquer suplemento fitoterápico para se assegurar de que eles não irão interferir nos medicamentos que você esteja eventualmente tomando.

5. Atividade física

Praticar atividade física regularmente é a chave para tratar diversos problemas de saúde. No caso das veias varicosas, especialmente naqueles diagnosticados na fase inicial, os exercícios físicos são ótimas medidas de prevenção. No entanto, é preciso escolher uma atividade que não exagere na pressão exercida nas pernas. De maneira geral, não se recomenda a prática da corrida, pois pode piorar o inchaço.

Quanto mais você se movimenta, mais rápido o sangue circula das veias ao coração. E é justamente isso que elimina os sintomas desagradáveis das veias varicosas. Os exercícios físicos que aumentam a circulação sanguínea e são eficazes no combate ao problema são caminhadas diárias, alongamentos, yoga e flexão dos tornozelos.

6. Estilo de vida diferente

As mudanças no estilo de vida podem diminuir os incômodos causados pelas veias varicosas. Por exemplo, evite passar longos períodos de pé ou sentado, especialmente caso trabalhe num escritório. Mude de posição com frequência para impedir a diminuição do fluxo sanguíneo. E se possível, levante-se e faça pequenos exercícios de alongamento.

Evite usar salto alto durante um tempo prolongado. Não é que você precise abrir mão dos seus sapatos prediletos, mas não passe o dia inteiro com eles. Os saltos mais baixos tonificam os músculos da panturrilha e favorecem o fluxo de sangue pelas veias.

7. Massagens suaves

As massagens ajudam na boa circulação do sangue no corpo, especialmente nas pernas (onde as veias varicosas costumam aparecer). A principal técnica para massagem como tratamento para o problema é fazendo movimentos suaves, evitando fazer pressão com os dedos sobre as veias inchadas, mas sim ao redor delas. Exerça uma suave pressão com a palma da mão ou use as pontas dos dedos para massagear, indo dos calcanhares aos tornozelos, de forma ascendente. Caso sinta dor ou outro tipo de incômodo, pare a massagem e coloque as pernas para cima.

Por si só, massagem suave não é capaz de reduzir por completo as veias varicosas, mas pode mudar drasticamente a sensação incômoda que elas causam, melhorando o fluxo sanguíneo nas extremidades.

8. Para veias grandes que “alimentam” as aranhas vasculares: remoção com laser

Um dos tratamentos médicos mais comuns contra veias varicosas é a ablação (remoção) com laser. Esse método costuma ser aplicado quando nenhum dos métodos mencionados anteriormente funciona, e quando o inchaço e os sintomas ficam cada vez mais desagradáveis.

Uma sonda com laser na extremidade é colocada através da veia. O lase é aquecido e cauteriza as paredes das veias, fazendo com que o sangue deixe de fluir através delas. Em seguida, a veia é eliminada com um dispositivo de extração.

O procedimento deixa alguns hematomas nas pernas, mas não deixa cicatrizes e é muito mais simples que uma cirurgia tradicional.

Que tipo de método caseiro para tratar as veias varicosas funciona melhor no seu caso? Você prefere ir ao médico ou prevenir o aparecimento desse problema por conta própria? Comente com suas opiniões sobre o assunto!

8 Truques usados por famosas para disfarçar imperfeições na silhueta

“Como elas conseguem estar sempre lindas?” É essa pergunta que vem à cabeça de muita gente depois de dar uma olhada nas fotos de celebridades. Pode ser difícil de acreditar, mas a verdade é que até as mais belas famosas recorrem a alguns truques para valorizar os pontos fortes e disfarçar as imperfeições.

O dicastop.club recomenda: não perca a chance de aprender com mulheres bem sucedidas a valorizar aquilo que você tem de melhor. Assim, seu look estará sempre digno de parar o trânsito.

Cintura larga + pernas finas

Essa silhueta é conhecida como “maçã”. As mulheres com corpo assim geralmente têm seios grandes, com a cintura mais ou menos no mesmo volume. Reese Witherspoon e Britney Spears, por exemplo, aprenderam a criar as proporções certas, com elegância. Elas preferem peças de cintura alta, vestidos trapézio e também os cruzados, que envolvem o corpo.

Essas técnicas ressaltam os pontos fortes da parte superior do corpo, desviando a atenção da diferença entre ela e a parte inferior. O corte em forma de “V” também desempenha um papel importante. Um bom exemplo: Kelly Clarkson.

Quadril largo + ombros estreitos

Nos últimos anos, milhares (talvez milhões) se mulheres têm se esforçado para alcançar esse tipo de silhueta. Algunas tiveram a sorte de ganhar da natureza cintura fina com quadril arredondado, enquanto outras passam horas e horas na academia fazendo agachamentos para enfatizar essa parte do corpo. Graças a Kim Kardashian e suas irmãs, acentuar a diferença entre cintura e quadril tornou-se uma febre mundial. Porém, é possível também ver famosas que vão no caminho contrário, tentando alinhar a silhueta. Rihanna é uma das que sabem escolher bem o guarda-roupa, tendo em mente algumas regras simples: um vestido evasê (cujo formato lembra a letra “A”), que pode ter listras verticais e tecidos brilhantes, assim como saias que se estendem a partir da cintura, como o famoso vestido branco de Marilyn Monroe.

Ombros largos + quadril estreito

Geralmente, esse tipo de silhueta é chamada de “nadadora”: com quadril estreito e peitoral largo. Nesse caso, recomendamos que você se inspire na belíssima Gisele Bündchen. Ela sabe exatamente como obter o equilíbrio perfeito. Mulheres com esse corpo podem optar por modelos sofisticados de saias longas e por linhas suaves nos ombros, sem mangas pronunciadas. A cor também desempenha um papel importante na escolha de um vestido: para nivelar ombros e quadril, aposte em peças inferiores e superiores de cores diferentes.

Formas volumosas

Felizmente, a época em que os estilistas recomendavam que todas as mulheres com formas volumosas usassem apenas roupas pretas ficou no passado. A resposta atual a esses estereótipos tão antiquados foi dada por Nicki Minaj.

Evite padrões de estampas pequenos, assim como as de animais. Prefira tecidos densos e monocromáticos, um oversize provocativo e um pouco de elementos decorativos como babados, franjas ou laços. E obviamente o cinto se adapta perfeitamente a qualquer silhueta.

Cintura não definida

Muitas mulheres têm uma silhueta retangular. A falta de uma cintura bem definida pode ser compensada com cintos grandes e chamativos. Siga o exemplo de Anna Kurnikova, investindo na parte de cima ajustada combinada com uma saia mais folgada. O truque é um dos preferidos de Gwyneth Paltrow.

Para ressaltar o quadril, o ideal é usar peças com a parte de baixo mais volumosa, vestidos tubinho e clássicas saias lápis, que ressaltam positivamente a linha do quadril, em combinação com blusas e camisas soltas.

Para as muito altas

As mulheres altas nem sempre têm apenas pernas longas, mas também ombros largos. Nesses casos, é possível desviar a atenção usando um decote em “V”, também nas costas. Para equilibrar o comprimento das pernas com o tórax, aposte em calças jeans de cintura alta ou em versões mais curtas, como fez Liv Tyler. Já em relação às saias, as mulheres altas levam vantagem em relação às demais: elas podem usar qualquer estilo dessa peça. O resultado ficará sempre lindo.

Para as baixinhas

Para mulheres de baixa estatura, a fashionista Victoria Beckham garante que as melhores ideias são as calças flare, e também com cintura alta. São peças que dão a impressão de mais altura, sobretudo quando combinadas com salto alto.

Outra mulher reconhecida no mundo da moda, a atriz Sarah Jessica Parker, também compensa a baixa estatura apostando nas calças certas. Não é à toa que ela adora jeans apertados, ótimos para esses casos. Os saltos podem ser usados até com os modelos mais curtos. Já Reese Witherspoon investe num conceito mais tradicional de feminilidade: as saias volumosas por cima do joelha criam o efeito de uma silhueta “triângulo”, dando uns centímetros extras na estatura.

Pés grandes

 

É simples: um calçado menos aberto chama menos atenção. Evite o uso de sandálias e prefira os modelos fechados. A roupa também pode ajudar no equilíbrio do look de quem tem pés maiores que a média: um oversize dá mais volume na parte de cima, seja com a ajuda de um cinto volumoso ou uma parte do corpo descoberta. Isso fará com que a atenção não pare na região das pernas. E a maneira mais simples de fazer o pé parecer menor é, obviamente, usar saltos. Aliás, aqueles de altura média já são úteis com esse propósito, como mostra Cindy Crawford. Os mais altos também estão valendo. Veja os exemplos de Paris Hilton e Claudia Schiffer.

Que técnicas você emprega para ressaltar as vantagens da sua silhueta e disfarçar as imperfeições? Comente!

Solução Simples Muda a Vida de Milhares de Brasileiros que Sofrem com Ronco e Apneia!

Sofrer com Ronco, Apneia e distúrbios do sono em geral é algo que já se tornou rotina para milhares de brasileiros, que não imaginando existir alguma solução que seja rápida e simples simplesmente aprendem a conviver com o problema. A grande questão nisso é que ainda que você aprenda a conviver com o próprio ronco e crises de apneia as pessoas a sua volta não aprenderão, as reclamações são constantes não é mesmo?

Durante meu estudo do caso para produzir esta matéria para nossos leitores antes mesmo de tentar encontrar alguma solução fui buscar o que era a verdadeira causa do Ronco e Apneia, veja o que acontece enquanto você dorme:

Quando ocorre um aumento na velocidade e pressão do ar inspirado enquanto dormimos os tecidos da região da garganta podem acabar vibrando, é esta vibração que provoca o Ronco. E me aprofundando nesta pesquisa descobri que um dos principais fatores disso está relacionado com a posição da mandíbula, foi aí que entendi porque aparelhos como o Stop-Ronco fazem tanto sucesso, eles agem direto na raiz do problema!

Stop-Ronco é um aparelho desenvolvido justamente para manter a posição da sua maxila correta, assim proporcionando conforto para uma noite de sono bem dormida e livre do Ronco e da Apneia.Stop-Ronco é desenvolvido com avançada tecnologia em materiais com excelentes características, como:

  • Termo Flexível: pode ser aquecido (conforme instruções do fabricante neste vídeo) para se moldar perfeitamente a sua arcada dentária, assim proporcionando ajuste perfeito e confortável.
  • Hipoalergênico: não causa alergias nem irritações na boca de quem o utiliza, assim garantindo o máximo de conforto para você se livrar de uma vez por todas do ronco e da apneia.

Nós Testamos o Stop-Ronco!

Quando vi todas as características do Stop-Ronco e também como seria possível acabar com o Ronco e com a Apneia de uma forma tão simples fiquei com certo receio de se isso ia mesmo funcionar. Então antes de publicar esta matéria para nossos leitores nós aqui da redação decidimos por o Stop-Ronco à prova, e foi o que fizemos!

A primeira coisa que fizemos foi verificar se ele possuía alguma regulamentação, e sim ele é Registrado na ANVISA: 8037470001. Vendo isso ficamos mais tranquilos para iniciar nosso teste. Para o teste um de nossos gestores se propôs a ser nossa “cobaia”, afinal ele já sofria há anos com roncos constantes e crises de apneia que não o deixavam dormir bem.

Nosso teste durou 2 Semanas, não precisamos mais do que isso para chegar a uma conclusão. Veja o relato de Marcelo, nosso gestor.

1ª Semana com o Stop-Ronco

Assim que o Stop-Ronco chegou em minha casa (chegou mais rápido do que eu imaginava), já fui logo o moldar em minha boca conforme as instruções do fabricante. Achei que teria alguma dificuldade, mas foi tão simples de moldar que fiquei surpreso, em poucos minutos já estava com oStop-Ronco devidamente moldado em minha boca.

Nas minhas primeiras noites tenho que confessar, me senti um pouco incomodado, demorei um pouco para pegar no sono. Houve também uma das noites em que enquanto eu dormia acabei tirando o Stop-Ronco da boca (tirei dormindo segundo minha esposa).

Já chegando no final da primeira semana me sentia bastante confortável com o Stop-Ronco, não o retirava mais enquanto dormia e o melhor de tudo é que quase não roncava mais e não tive mais nenhuma crise de apneia!

2ª Semana com Stop-Ronco

Já no início da segunda semana me sentia perfeitamente adaptado ao Stop-Ronco, não estava mais roncando segundo minha esposa e também não tive mais nenhuma crise de Apneia. Minhas crises de Apneia eram terríveis, eu sempre acordava já muito assustado e com falta de ar, agora com Stop-Ronco consigo dormir tranquilamente durante toda a noite.

Nesta segunda semana até mesmo um pequeno desconforto que eu sentia em minha gengiva já havia passado, estava realmente plenamente adaptado à minha arcada dentária e me proporcionando excelentes noites de sono. Eu realmente recomendo Stop-Ronco!

Além da avaliação extremamente positiva feita pelo Marcelo ainda pesquisei um pouco mais e acabei encontrando muitas pessoas que já usam Stop-Ronco, os comentários são ótimos e por isso decidi compartilhar eles aqui para você:

7 Formas efetivas acabar com dores de estômago e prisão de ventre

Existem duas causas que costumam provocar dores digestivas. Entre elas estão problemas emocionais relacionados à ansiedade e depressão. A outra é a ingestão frequente de medicamentos que irritam o estômago. Por isso, todos podemos sofrer com esse tipo de incômodo. Para piorar, o mundo atual nos deixa muito estressados, e muita gente opta por tomar analgésicos para eliminar sintomas, em vez de tratar a causa real.

Nós, do Incrível.club, resolvemos te ajudar a aliviar dores do estômago e apresentar alguns métodos alternativos para tratar indigestão e prisão de ventre, para que você se livre dos analgésicos. Com nossas dicas, você saberá como agir imediatamente ao sentir dor, além de conhecer alternativas para mudar sua dieta. De quebra, ainda indicamos quais ervas você deve ter em casa para combater esse tipo de problema.

1. Use calor para aliviar a dor

2. Tome água com gás

A água com gás pode ser útil, já que contém bicarbonato de sódio, que por sua vez tem a capacidade de melhorar quadros de refluxo gástrico. A substância neutraliza os ácidos estomacais e alivia os sintomas da acidez por algum tempo.

Uma alternativa é dissolver 1/4 de colherada (das de café) de bicarbonato num copo de água e beber. Lembre-se de não ingerir nenhum tipo de bebida nem outros medicamentos por ao menos duas horas. O bicarbonato reduz a velocidade com que nosso corpo absorve algumas substâncias.

3. Não deite totalmente, deixe a parte superior do corpo levantada

4. Tente adotar a dieta BRAT

BRAT, do inglês, significa: banana, arroz, purê de maçã e torrada. Todos esses alimentos têm algo em comum: são suaves e facilmente digeridos pelo estômago.

Caso esteja apresentando sintomas como náuseas, vômitos, diarreia e indigestão, você deve primeiro deixar de ingerir alimentos por algum tempo. Depois, pode começar a consumir produtos da dieta BRAT em pequenas quantidades. Não esqueça de tomar bastante líquidos, preferencialmente água, caldo de frango e suco de maçã. Outros alimentos que você pode adicionar aos seus hábitos alimentares são biscoitos, batatas cozidas, aveia e chá de ervas.

BRAT, do inglês, significa: banana, arroz, purê de maçã e torrada. Todos esses alimentos têm algo em comum: são suaves e facilmente digeridos pelo estômago.

Caso esteja apresentando sintomas como náuseas, vômitos, diarreia e indigestão, você deve primeiro deixar de ingerir alimentos por algum tempo. Depois, pode começar a consumir produtos da dieta BRAT em pequenas quantidades. Não esqueça de tomar bastante líquidos, preferencialmente água, caldo de frango e suco de maçã. Outros alimentos que você pode adicionar aos seus hábitos alimentares são biscoitos, batatas cozidas, aveia e chá de ervas.

5. Comer alimentos ricos em fibra

A fibra melhora o funcionamento intestinal. Quanto mais você consumir essas substâncias, mais macias ficarão as fezes. Com isso, o corpo expulsará os resíduos com mais facilidade, evitando a prisão de ventre.

O ideal é adicionar fibra à sua dieta de forma lenta para minimizar a inflamação e os gases. As grandes fontes desse produto são as frutas, verduras, pão integral, cereais, frutos secos e grãos. Os dois últimos são solúveis, e favorecem a passagem dos alimentos do estômago aos intestinos. Se estiver com diarreia, frutos secos e grãos devem ser suas únicas alternativas.

6. Tome probióticos e prebióticos

Os prebióticos são partes de alimentos que não podem ser digeridos. Por exemplo, cascas de frutas e legumes. Já os probióticos são bactérias vivas criadas durante o processo de fermentação em alimentos como o iogurte.

Os probióticos vivem em nossos intestinos, mas o ambiente ao nosso redor, o estilo de vida pouco saudável e a ingestão de antibióticos diminuem a presença deles. Eles são essenciais para nossa digestão e ajudam a aliviar sintomas como dores abdominais, inchaço abdominal e diarreia. Uma opção é comprar probióticos e tomar em doses recomendadas pelo médico, ou então ingerir alimentos fermentados, como a kombucha.

7. Relaxando o estômago com ervas naturais

 

  • Funcho, hortelã, gengibre e camomila.

Fáceis de serem encontradas, essas ervas são ótimas para o preparo de uma boa xícara de chá capaz de aliviar a dor de estômago. O hortelã funciona contra náuseas, pois a substância presente em suas folhas funciona como um analgésico natural. O funcho estimula a bile, o gengibre estimula a produção de saliva, enquanto a camomila relaxa os espasmos musculares. Juntos, os quatro favorecem muito seu bem-estar.

  • Flores de camomila e gengibre seco.

Uma flor verdadeiramente mágica em termos de saúde é a da camomila, que possui efeitos similares aos do ibuprofeno ou da aspirina. É útil contra diarreia, síndrome do intestino irritável e cólicas. O gengibre também é conhecido por suas propriedades de aliviar náuseas. O alimento aumenta a absorção de nutrientes e libera enzimas digestivas. Um estudo realizado com 1.278 mulheres grávidas concluiu que o produto reduz consideravelmente vômitos e náuseas. Só assegure-se de ferver esse chá por, pelo menos, 10 minutos.

Você gosta de dormir de lado? Saiba os benefícios e as desvantagens

Dormir de lado é a posição mais comum: quase 74% das pessoas dormem assim. Os profissionais ainda não sabem ao certo qual é a melhor posição para dormir, já que cada uma tem seus benefícios e suas desvantagens. E, já que passamos um terço de nossas vidas dormindo, é muito importante saber como é possível descansar melhor sem afetar negativamente nossa saúde, não é?

O dicastop.club descobriu todas as vantagens e desvantagens de dormir de lado, e temos algumas dicas sobre como melhorar a qualidade do seu sono e a saúde de modo geral. Então, se você dorme de lado ou não, certifique-se de ler este post até o fim para tirar suas próprias conclusões.

Benefícios de dormir de lado

 

  • Previne a dor no pescoço e nas costas, já que ficam em sua posição mais natural.
  • Diminui o ronco. Dormir de costas faz com que a língua e o palato mole colapsem na parte de trás da garganta, fazendo com que a pessoa ronque. Dormir de lado pode ajudar a evitar isso.
  • Melhora a circulação do sangue, já que seu corpo está em perfeito alinhamento.

Desvantagens de dormir de lado

  • Pode causar dores nos ombros e nos quadris, se você tem um colchão muito antigo ou se sofre de lesões em seus músculos ou articulações.
  • Pode piorar as rugas e o resultado pode ser um rosto inchado ao acordar. Se a pessoa pressionar o rosto contra o travesseiro, o líquido se acumulará nesta área, o que causará inchaço e, portanto, enrugará a pele, deixando-a mais suscetível ao aparecimento de rugas.
  • Pode acelerar a flacidez dos seios conforme os ligamentos esticam sem apoio ao longo do tempo.

O que você pode fazer para melhorar sua qualidade de sono?

  • Seu travesseiro deve ser firme o suficiente para manter a coluna reta.
  • É preciso preencher o espaço entre o pescoço e o colchão para manter a cabeça e o pescoço em posição neutra.
  • Se você tem dores no ombro, experimente colocar um travesseiro na frente do corpo e apoiar o braço sobre ele. Isso irá ajudar a aliviar a dor.

  • Para evitar ou se livrar da dor já existente nos quadris, experimente colocar um travesseiro entre os joelhos para manter os quadris alinhados.
  • Para evitar a flacidez nos seios, experimente colocar um pequeno travesseiro sob eles para que os ligamentos não se estiquem. Ou simplesmente durma sob suas costas.

  • Se acordar de manhã com o rosto inchado, com inchaço nos olhos e rugas mais profundas do que na noite anterior, você deve mudar sua posição de dormir. Dormir de costas pode impedir que seu rosto tenha esse contato indesejado com o travesseiro.
  • Um bom colchão é o mais importante quando se trata de um sono saudável e reparador. Se dorme de lado, é preciso escolher um colchão com um bom suporte para os ombros e quadris, que seja entre médio e médio firme. Os colchões de espuma e aqueles de espuma de memória (viscoelástica) são as melhores opções, pois são muito eficazes no alívio do ponto de pressão.

Você geralmente dorme de lado? Em caso afirmativo, tentará mudar seus hábitos de sono depois de ler este post? Conte para nós nos comentários.

8 Produtos aparentemente inofensivos que podem ser tóxicos

Todo mundo sabe que qualquer alimento ou medicação é benéfico somente se não exceder uma certa quantidade. Ou, como se diz por aí, a diferença entre o remédio e o veneno é a dose. Se você comer demais ou exceder na dose indicada, os danos para a saúde podem ser enormes. Hoje o dicastop.club preparou uma lista de produtos comuns que podem causar grandes problemas para seu organismo.

Molho de soja (shoyu)

Em 2013 um jovem dos Estados Unidos bebeu aproximadamente 1 litro de molho de soja por causa de uma aposta e, logo depois, começou a ter convulsões e perdeu a consciência. Os médicos o diagnosticaram com deficiência de água no organismo e ingestão exagerada de sódio (hipernatremia). Essa interferência de sódio no metabolismo é perigosa devido ao risco de causar uma hemorragia intracerebral por fatores osmóticos.

Em 2014, um homem de 56 anos foi hospitalizado com insuficiência renal causada pelo consumo excessivo de chá frio. No final, descobriu-se que todos os dias ele bebia cerca de 16 copos, o que causou as terríveis consequências. Descobriu-se que o dano renal foi causado pelo oxalato, uma substância encontrada em grande quantidade no chá preto. Para evitar tais consequências, você não deve tomar mais do que seis xícaras de chá preto por dia.

Noz-moscada

Em pequenas quantidades, a noz-moscada é segura, mas, se você ingerir mais do que duas colheres de sopa, pode ter alucinações.

Pasta de dente

No início dos anos 90, os rótulos das pastas de dente continham avisos que diziam: “Você não deve engolir. A porção deve ser do tamanho de uma ervilha”. Engolir uma grande quantidade de pasta contendo flúor pode ser perigoso, especialmente para o corpo de uma criança, já que os componentes do flúor são tóxicos e podem provocar tonturas, dor de estômago e, em alguns casos, até a morte.

Refrigerante

Os refrigerantes contêm muito açúcar, o que quase todo mundo sabe. A dose mortal de açúcar, de acordo com os dados mais recentes, é de 29,7 g por 1 kg de peso corporal. E 1 litro de refrigerante contém aproximadamente 100 g de açúcar. Portanto, se o peso de uma pessoa for 80 kg e se ela beber 23,2 litros, vai se envenenar.

Muitas pessoas sabem que não devem comer atum em grandes quantidades, mas não sabem o quanto isso significa. Algumas de suas espécies, como o atum branco, contêm uma grande quantidade de mercúrio. Portanto, para uma pessoa que pesa 68 kg, a taxa de consumo recomendada não deve ser superior a 170g durante nove dias.

Creme para dores musculares

Esse tipo de creme alivia a dor muscular, mas em nenhum caso pode ser usado indefinidamente. Embora esse remédio seja para uso externo, ele penetra nos poros e o salicilato de metila contido nele entra na corrente sanguínea e pode causar problemas para a saúde.

Alcaçuz

O consumo de apenas 57 g de alcaçuz preto por dia durante duas semanas pode causar problemas cardíacos. O problema é que o alcaçuz contém glicirrizina, um composto que causa uma diminuição no nível de potássio. Quando os níveis de potássio diminuem, a pressão arterial pode aumentar, o que pode causar insuficiência cardíaca.

Você tem algum alimento favorito que consegue comer em quantidades ilimitadas? Se assim for, agora você sabe que deve ter mais cuidado.